A primeira pedra do verão

Duda Fortuna - Pedra de Campo Bom [Selo180, 2015]Puxando, dobrando e esticando a palavra. Unir letra e música, poesia e melodia. Essa é a ideia que move o compositor gaúcho Duda Fortuna a lançar o single Pedra de Campo Bom. Um conto musicado inspirado na mítica onda da Laje de Jaguaruna, em Santa Catarina. O lugar é o Eldorado brasileiro dos surfistas de ondas grandes, Big Riders. Com influências de MPB e rock, o single mistura guitarra, violão cordas de aço e o caldeirão percussivo brasileiro.

Após ler uma reportagem sobre a singular onda da pedra, Duda escreveu um conto e começou a musicá-lo de maneira bem instintiva. “Queria algo simples e direto, como a metáfora que eu percebia na história da onda”. No meio de exaustivas retóricas em tempos de redes sociais, a ideia da Pedra de Campo Bom traz à tona a boa e velha necessidade de equilíbrio nas relações. “Quebra esquerda, quebra direita, quebra igual”.

Pedra de Campo Bom vem acompanhado de Falta de Ar, um lado B onde Duda pede “Dá-me um texto / é tudo pretexto / algum contexto há de vir / e esse lugar / voltas em si são figuras”, e completa com “página em branco é inabitar”. Assim como em outras composições, o mote é o processo criativo, abordado de um modo bem pessoal.

O lançamento acontece dia 21 de outubro em formato digital, através do Selo 180. O single estará disponível em cerca de 30 plataformas digitais em todo o mundo, incluindo iTunes/Apple Music, Spotify, Deezer, Rdio, Tidal, Google Play, OneRPM, Amazon, entre outras. O lançamento antecipa um EP que sairá na íntegra no primeiro semestre de 2016.

A produção das músicas é de Gilberto Ribeiro Jr e Fabricio Gambogi, com mixagem e masterização feitas no estúdio Mubemol. A capa do projeto é uma resultante coletiva entre Pedro Valdez que assina, e Jana Ina, que fez a ilustração.

Ouça / Baixe / Compre:

Comentários

Comentários